EMS Taubaté Funvic - CAMPEÃO DO BRASIL

NOTÍCIAS

14 de outubro de 2020
EMS TAUBATÉ FUNVIC É SUPERADO PELO VÔLEI RENATA NA PRIMEIRA FINAL DO CAMPEONATO PAULISTA

Em partida muito equilibrada, Taubaté chegou a ter o ponto do jogo, mas acabou derrotado por 3 a 2. Segundo e decisivo jogo será disputado na sexta-feira, 16/10, em Taubaté

Jogando na noite desta terça-feira, 13/10, no ginásio do Taquaral em Campinas (SP), o EMS Taubaté Funvic foi derrotado pelo Vôlei Renata por 3 sets a 2 (parciais de 24x26, 25x22, 25x19, 20x25, 21x23), no Jogo 1 das finais do Campeonato Paulista Masculino de Vôlei.

O resultado tira a invencibilidade do EMS Taubaté Funvic no estadual. A equipe não havia perdido nenhum set até o jogo desta terça-feira. Com a derrota, o Taubaté terá de buscar uma vitória na próxima sexta-feira, 16/10, no segundo e decisivo jogo. Desta forma, forcará a disputa do Golden Set para chegar ao seu sétimo título estadual na história.

O jogo: O técnico Javier Weber colocou em quadra o time inicial com Rapha, Gabriel Cândido, Lucão, Maurício Souza, João Rafael, Maurício Borges e Thales como líbero. Entraram ao longo do jogo Felipe Roque, Bruno Rezende, Bruno Biella e João Franck.

O primeiro set começou com o Vôlei Renata colocando bastante pressão no saque e forçado erros do EMS Taubaté Funvic. O Taubaté buscou a reação também forçando bastante o saque e trabalhando bem no bloqueio. Os times seguiram em jogo equilibrado ao longo do set, sem que ninguém abrisse larga vantagem. Pelo lado do EMS Taubaté Funvic, o ponteiro João Rafael e o oposto Gabriel Cândido foram os destaques. Na reta final o Vôlei Renata foi buscar a diferença e equilibrou as ações. Errando mais nos pontos decisivos, o Taubaté acabou derrotado por 26 a 24, em 30 minutos. Foi o primeiro set que o time taubateano perdeu no Campeonato Paulista de 2020.

O segundo set seguiu no mesmo ritmo equilibrado. O Taubaté manteve uma sequência de saques forçados que dificultaram bastante a recepção e o passe do Vôlei Renata. O time campineiro não ficou para trás e endureceu a partida com ótimo trabalho defensivo e virando bem as bolas de contra-ataque. Javier Weber mexeu na equipe, trocando Gabriel Cândido por Felipe Roque. Os centrais do EMS Taubaté Funvic tiveram bom papel no bloqueio, e no ataque o ponteiro João Rafael deu show, virando praticamente todas as bolas em que foi acionado pelo levantador Rapha. O Taubaté fechou em 25 a 22, em 33 minutos, empatando o jogo.

O terceiro set teve um começo equilibrado, mas o Taubaté desde os primeiro momentos se manteve à frente do placar. O Vôlei Renata buscou variar o saque, enquanto o EMS Taubaté Funvic seguiu forçando o saque e impondo bastante pressão sobre a defesa campineira. Trabalhando bem na defesa e no passe, o Taubaté conseguiu abrir vantagem e seguiu com superioridade no ataque, administrando para fechar com tranquilidade em 25 a 19, em 32 minutos.

O quarto set começou com o Vôlei Renata melhor em quadra, sacando muito bem e trabalhando o bloqueio com efetividade. Os donos da casa mantiveram pressão no saque e seguraram vantagem ao longo de todo o período. O Taubaté não repetiu o bom jogo do terceiro set, errou mais e não conseguiu reagir. O Vôlei Renata fechou em 25 a 20, empatando o jogo e forçando o tie break.

O quinto e decisivo set começou bem equilibrado, com os dois times buscando variar o saque. O Taubaté melhorou no sistema defesa/bloqueio. No ataque, o nome do set foi Maurício Borges, que virou bolas complicadas de contra-ataque. O Vôlei Renata cresceu e equilibrou a partida novamente, e a decisão do jogo se estendeu muito além dos 15 pontos previstos. O EMS Taubaté Funvic chegou a ter três match points seguidos, mas o Vôlei Renata equilibrou o jogo e impediu a vitória dos visitantes. Com uma boa sequência de saques, o Campinas empatou e passou à frente, tendo um total de seis match points, até fechar em 23 a 21, vencendo por 3 sets a 2, em 2h40 de partida.

O maior pontuador do Taubaté foi o ponteiro João Rafael, com 22 bolas anotadas.

Próximo jogo: As duas equipes voltam a jogar na próxima sexta-feira, 16/10, às 21h30 no ginásio do Abaeté, em Taubaté. Para ser heptacampeão paulista, o Taubaté precisa de uma vitória por qualquer placar e depois vencer o Golden Set. O Vôlei Renata, para chegar ao título, precisa apenas de uma vitória por qualquer placar.

Regulamento: Os playoffs (semifinais e finais) serão disputados em sistema de dois jogos, com disputa do “Golden set” em caso de uma vitória para cada time.

CAMPEONATO PAULISTA MASCULINO DE VÔLEI 2020
Final / Jogo 1
Vôlei Renata 3x2 EMS Taubaté Funvic
Data: 13/10/2020 (terça-feira)
Horário: 21h30
Local: Ginásio do Taquaral (Av. Dr. Heitor Penteado, s/n – Parque Taquaral – Campinas-SP)

Transmissão: SporTV 2

CRÉDITO DAS FOTOS EM ANEXO: Pedro Teixeira / Vôlei Renata

PATROCINADORES MASTER
PATROCINADORES
MRV
INCENTIVADOS
Apoiadores
Plano de Saúde Oficial
Fornecedor de Uniforme Oficial